domingo, 22 de junho de 2008

PROGRAMAÇÃO DIA DO PASTOR OU ANIVERSÁRIO DO PASTOR

EXISTE ALGUÉM

* Existe alguém que sendo homem, luta com todas as forças para seguir as pisadas do Grande Mestre para ser semelhante a Ele.

* Que se esmera no cumprimento do dever para dar bom exemplo.

* Que está sempre pronto a ofertar uma palavra orientadora, etransmitir santos ensinamentos.

* Que vibra com o progresso da causa e se emociona quando novosadeptos se unem a ela.

* Que procura ficar humilde quando poderia se exaltar.

* Que muitas vezes passa noites mal dormidas, preocupado com asresponsabilidades que lhe pesam sobre os ombros.

* Que quase sempre deixa de desfrutar a companhia da esposa e dos filhos para cumprir a tempo e a hora os compromissos que a causa lhe impõe.

* Que muitas vezes é incompreendido, chamado de radical ou desatualizado ao procurar cumprir com zelo às ordens de Seu Mestre.

* Que com o coração pesaroso, muitas vezes, precisa tomar atitudes que não agradam a todos.

* Que por ser humano e sensível, muitas vezes sente com tristeza a ausência do afeto e do respeito que alguns lhe negam.

* "Esse homem, é você, QUERIDO PASTOR, que neste dia, vossa esposa, filhos e igreja, querem homenagear!



UM HOMEM PASTOR

Certo dia perguntaram a um menino: "Aquele homem ali é seu pai?

"A reação do pequeno foi veemente imediata: "Meu pai não é um homem, viu?

É um pastor."Para aquele menino o pastor era alguém muito superior ao que ele entendia ser um homem!É assim que desejamos encarar a vocês, estimados pastores.

Alguém especial, muito especial!

Be, parece que estamos em boa companhia neste conceito, pois o livro de origem divina, aquele que transforma os que seguem seus ensinos em pessoas especiais, salienta de modo especial os pastores: "É dito verdadeiro que se um homem deseja ser pastor, tem uma boa ambição". (I Timóteo 3:1- B.V)

Nas linhas seguintes o grande apóstolo descreve o pastor como um homem bom, irrepreensível, bom marido, incansável, cuidadoso, organizado, cheio de boas obras, hospitaleiro, capaz de comunicar a verdade, abstêmio, prudente, amável, bondoso, liberal, bom membro e líder da família, experiente na fé e humilde.

Deve ser bem conceituado entre os que não são de sua igreja.O gigante moral descrito é cada um de vocês, estimado pastores. É bem assim que os vemos como família, esposa e filhos, pais e irmãos! É assim que os membros da igreja, as ovelhas de seu rebanho vêem a vocês! É assim que o Deus do céu, o nosso Deus vê vocês. Que grande honra!Talvez vocês estejam pensando: "Bem, falta muito para que eu preencha estes requisitos apresentados pelo apóstolo dos gentios".

Caso este seja o teu pensamento, atente para o que o mesmo homem de Deus afirma no último versículo do mesmo capítulo: "É bem verdade que o modo de levar uma vida piedosa não é muito fácil. Mas a solução está em Cristo, que veio a terra como homem..."Como é bom lembrar que o amável convite de Jesus, Supremo Pastor, é também para os pastores de Sua igreja: "Venham a Mim e Eu lhes darei descanso

- Todos vocês que trabalham tanto, debaixo de um jugo pesado, levem o Meu jugo - porque se ajusta perfeitamente - deixem que Eu lhes ensine; porque Eu Sou manso e humilde, e vocês acharão descanso para as suas almas; pois Eu só faço vocês carregarem cargas leves". (Mateus 11:23-30 - B.V)Findando, queremos dizer a vocês que nossa sorte está lançada com a de cada pastor deste campo, e, além de admirá-los, oramos diariamente, não apenas pelo ministério, mas também pela sua família."Que o Senhor os abençoe e proteja; que o rosto do Senhor brilhe de alegria por causa de vocês: que Ele tenha piedade de vocês; que lhe conceda o seu favor e a sua paz." (Números 6: 24-26 - B.V)




CARACTERISTICAS DE UM HOMEM DE DEUS

Cenário – Simples. Fazer a figura de um homem de isopor e colocar sobre a mesa, ou colar em um quadro. Escrever as características do homem de Deus em bandeirinhas, e a proporção que cada representante falar, vai colocando-a na figura.

Personagens – Sete pessoas para representar as características:

1º - Amor – Deverá entrar de roupão branco com um cajado.

2º - Profeta – Entra de gravata, roupa social, com uma Bíblia aberta.

3º - Conselheiro – Entra acompanhado por um casal.

4º - Vigilante – Fardado com capacete.

5º - Irrepreensível – Roupão azul com a Bíblia na mão.

6º - Honestidade – entra com uma mala e com duas pessoas bastante alegre.

7º - Hospitaleiro – Entra com uma mala e com duas pessoas bastante alegre. (Cada um trará uma faixa de identificação, entrará com a chamada do narrador ao som de umhino.)

NARRADOR – Em todo tempo Deus chama homens para uma missão toda especial, a missão de arrebanhar e cuidar de vidas que são preciosas aos olhos de Deus. São Homens que uma vez sentindo a sua chamada e, vocacionados, preparam-se para esta missão. Ninguém pode negar a veracidade de que o ministério é um todo na vida daquele que é chamado por Deus!A missão do pastor é de todas a mais autêntica e a mais sublime, pois na vida secular os profissionais lidam com valores materiais e que se acabam. O pastor cuida de valores eternos e espirituais, por que o Ministério tem a revelação em Cristo, uma dignidade para a vida terrestre, preparando vidas para uma interia comunhão com Deus! Tanto aqui quanto na eternidade.Vamos apresentar sete características que a Bíblia destaca deste homem de Deus, observando-as vamos concluir que a chamada ministerial é mesmo um dom e privilégio para o escolhido. Entra o jovem com uma faixa escrito AMOR – atrás da faixa poderá ser colado o que ele vai falar.

-1º) AMOR – A Bíblia nos adverte em 1 Coríntios 13:3 “Ainda que distribuísse toda minha fortuna aos pobres e não tivesse amor, nada me aproveitaria”. O Pastor sente-se motivado pelo amor, movido pelo Espírito de Deus, pelo amor ele sente as necessidades espirituais de seu rebanho, dando-lhes alimento, a alimentação sadia da Palavra de Deus! Pelo amor o pastor verifica as condições de seu rebanho, plantando nos corações novas aspirações que resultam em desenvolvimento do caráter e personalidade. O pastor conforta os tristes, busca os desgarrados, ajuda os fracos e visita os doentes. Por amor a Deus, ele realiza tudo isso.

2º) PROFETA – O Pastor não foi chamado para profetizar no sentido de predizer o futuro, mas foi chamado para anunciar as verdades aos homens, por meio da mensagem divida e do exemplo de sua vida, para tal, o pastor deve estar em constante oração, sempre estudando a Palavra, pesquisando e em submissão ao Espírito Santo de Deus. Como profeta ele recebe de Deus de maneira clara! O pastor como profeta é um ajudante de Cristo na terra, promovendo seu reino e conduzindo vidas no caminho divino.

3º) CONSELHEIRO – Como conselheiro, o pastor é uma pessoa de confiança da igreja, como também dos de fora. Como conselheiro, ele se preocupa com o bem-estar social e sobretudo espiritual das pessoas que formam a comunidade cristã, e os demais que o cercam em busca de ajuda. O pastor se esforça para levar as ovelhas cansadas feridas, desgarradas e rebeldes a se conduzirem para o redil. Como conselheiro, ele é discreto, ouve com atenção, e analisa tudo com muita ética!

4º) VIGILANTE – Em marcos 14:8 a Bíblia nos chama a atenção sobre a vigilância. O Homem de Deus deve ser simples, mas muito prudente! Ele deve estar em constante oração, e não se esquecer de vigiar, pois o inimigo de nossas almas esta atento, qualquer descuido, ele esta pronto para atacar. O pastor, por ser o líder, se cair, deixará o rebanho enfraquecido. É preciso que o homem de Deus vigie para resitir os vendavais!

5º) IRREPREENSIVEL – Em Tito 1:7 vemos a importância de sermos corretos, perfeitos em toda maneira de viver.O homem de Deus deve trabalhar consigo mesmo para evitar ser repreendido. Sua vida deve ser um exemplo, de maneira a ser admirado por todos. Que todos sintam satisfação em ouvi-lo e em seguir seus conselhos. Que Deus o abençoe neste desafio!

6º) HONESTIDADE – A Bíblia esclarece que aquele que é de Deus é correto (Provérbios 21:8). Portanto, o pastor deve procurar cuidadosamente ser um homem honesto. Como pastor, ele deve saber ouvir, investigar, para não ser desonesto em suas conclusões. O Homem de Deus deve usar de honestidade nas palavras, nos negócios, na administração da igreja. Tendo esta ação, ganhará credibilidade, por todos, e o nome de Deus será exaltado.

7º) HOSPITALEIRO – A hospitalidade é mais uma das características do homem de Deus. O pastor deve estar com seu coração aberto para ser hospitaleiro. Em cada gesto deve demonstrar alegria e carinho. Agindo assim, estará cumprindo a Palavra de Deus e ensinado as ovelhas a serem hospitaleiras (1Timóteo 3:2)

NARRADOR – Mesmo sendo chamado por Deus para uma missão de tão grande relevância, o pastor tem limitações e dificuldades iguais a outros. Ele deve amar, mas também deve ser amado e respeitado pela igreja para juntos exaltarem a Deus. A missão do pastor é um campo muito vasto e difícil de ser descrito pela mente humana. É uma tarefa sublime e gloriosa que só a eternidade h´pa de revelar.Que Deus continue abençoando cada pastor que é chamado para amar, para ser profeta, conselheiro, vigilante, irrepreensível, honesto, hospitaleiro e muito mais!

Colaborador: Marcello Fundão


SUGESTÕES DIA DO PASTOR

Elabore uma programação especial, constando de cânticos, poesias, acrósticos, mensagem, narração de fatos da vida do pastor e sua família; ofereça-lhes, ao final, uma lembrança carinhosa, que pode ser, para o pastor e família uma bela cesta com frutas e doces, e para a esposa um bonito ramalhete de flores.


Mensagem especial - Convide uma sócia ou outra pessoa para trazer uma palavra especial pelo Dia do Pastor. Textos sugeridos: Jeremias 3.15 - "Dar-vos-ei pastores segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência".

Hebreus 3.17 - "Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossa alma, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros".

Painel histórico - Com antecedência, consiga com a esposa do pastor (sem que ele saiba) fotos e fatos interessantes de vários períodos de sua vida e de seu ministério: infância, mocidade, tempo de Seminário, ordenação, namoro, casamento, filhos, seu "hobby", a 1ª Igreja, batismos e casamentos que realizou, comemorações na Igreja, etc. Designe algumas irmãs para falarem a respeito destes fatos. As fotos com as legendas explicativas serão fixadas nas paredes do salão.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


Pastor

Vejo em você, PastorUma pessoa diferente,Uma vida que nos inspira,Que nos encoraja a fé,Que nos traz esperança,Que nos leva a olharPara o futuro distanteE pressentir glórias inefáveis.

Nós reconhecemos, Pastor,O quanto a nossa vidaDepende da sua vida.
O vaso precioso que você é Nas mãos do Senhor, A conduzir-nosPelo caminho da verdade.

Por isso, em data tão significativa,Com o respeito e a admiraçãoQue você sempre mereceu,Trazemos-lhe, de todo o coração,Esta palavra sincera,Um abraço amigoE o nosso "Muito Obrigado"!
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


Oração(Ostelina Nunes Campos)

Ao meu Jesus querido,Eu peço em oração:Abençoe nosso pastorSegure bem firme sua mão.

Dá-lhe saúde físicaPara agüentar o batente.Eu peço, Senhor, e insistoQue sempre e sempre o sustente.

Dá-lhe sempre a firmezaEm todos os seus ideais,Que ele possa ir em frenteE não regrida jamais.

Pai Santo, enriqueça seus planos,Seus ideais sacrossantos,Revista-o de sabedoria,Cobrindo-o com o teu manto.

Abençoe sua família,Cubra-a com a tua graça,Que sejam todos uma bênção,Eu peço que assim o faças!

Graças te dou, ó Senhor,Por tão preciosas vidas,Consagra, protege, ilumina,Essa família tão querida.

E por todas essas vidas,Que eu amo de coração,Que nunca lhes falte nada,Essa é a minha oração.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .


ESPOSA DE PASTOR

(Antonieta Borges Alves)

Acompanhando o esposo em suas lides,Aqui, ali, além, onde Deus quer,A esposa do pastor é a mulher forte,O verdadeiro exemplo de mulher!

Ser esposa, meu Deus, é tão difícil!Quanto mais ser esposa de pastor!Ele, em seu ministério, o que seria,Sem esse misto de mulher e flor?

Ela é aquela que ora, canta, viveEspalhando entre os crentes a esperança;Tem mãos para servir, serve contente,É a heroína do lar que não se cansa!

Pois, neste dia de alegria tanta, Entre orações e cânticos, e flores,Roguemos ao Senhor que abençoe muito As esposas de todos os pastores.




ACRÓSTICO PARA O PASTOR

Personagens:
3 adultos
5 crianças

SANDRA:Esta igreja comemora com vibração e amor, mais um ano natalício do seu amado pastor!

CARMO: Cada irmão aqui presente seu abraço vem trazer pela feliz primavera que floriu no seu viver!

SANDRA:Neste dia tão festivo damos graças ao Senhor porque guardou o seu servo com seu cuidado e amor!

CARMO: Receba, Pastor nossa feliz saudação pela benção prazenteira que vem da divina mão!

JUNTAS: O nosso amado pastor um ano a mais hoje tem; e nós, com muita alegria, damos os nossos parabéns!

FATIMA: Querido Pastor, estas crianças são rosas perfumadas do jardim do Criador; que alegremente vêem saudar ao Senhor. (obs cada criança entra com uma rosa com respectivas cores)

Adelson É a rosa branca que fala de Paz e Pureza e quem possui estas virtudes já tem a maior riqueza.

Stephane É a flor cor-de-rosa e representa o Amor; “amai-vos uns aos outros” diz Jesus o Salvador

Joabe É a rosa amarela e esta cor faz lembrar O TESTEMUNHO de salvo que o crente deve dar.

Jessica É a rosa vermelha que o símbolo da FÉ; e quem possui esta virtude transporta montes, até!

Ingrid É a rosa lilás, que emblema SANTIDADE; Sede Santos! Nos ordena o Santo Deus da Verdade!
(todas as crianças entregam as flores para uma das filhas ou neta do pastor, que oferta ao mesmo)

Pastor estas são as suas qualidades que aqui representamos e alegremente lhe ofertamos.

FÁTIMA: Pastor, um dia a ordem Divina soou mais forte ao seu coração dizendo:

CARMO: “Filho, vai trabalhar na vinha”. “Porque a todos a quem eu te enviar irás; e tudo quanto eu te mandar, falarás. Eis que ponho na tua boca as minhas palavras (Mt 21.28b; Jr 1.7,9)

FÁTIMA: E o Senhor consciente da necessidade das almas, decidiu consagrar toda a sua vida a serviço da expansão do Reino de Deus na terra. E sua voz se faz ouvir por cidades, vilas e aldeias, anunciando a mensagem da cruz. Nada temeu porque seu coração foi consolado pela promessa da Bíblia:

SANDRA: “ O Senhor é quem vai adiante de ti: ele será contigo, não te deixará, nem te desamparará; não temas, nem te atemorizes(Dt 31.8)

FÁTIMA: Mais tarde, a voz do mestre, aquela mesma voz que por três vezes falara a Pedro, também foi ouvida pelo Senhor pastor, agora comissionando-o a uma missão especial:

CARMO: “Apascenta as minhas ovelhas”(Jo 21.17)

FÁTIMA: E foi então que o Senhor passou a Servir a igreja de Cristo. Riqueza, fama, posição, nada foi mais forte que a nobre missão de apascentar as ovelhas de Jesus, o Bom Pastor. Não visou recompensas terrenas, porque sabia que no céu terá recompensa superior a todas as honrarias materiais:

SANDRA: “ Ora, logo que o supremo Pastor se manifestar, recebereis a coroa da glória”.(1Pe 5.4)

FÁTIMA: Queremos dizer da nossa alegria em ter o Pastor à frente desta Igreja. Deus tem confirmado e abençoado ricamente o seu ministério. À vista disto, dizemos com alegria:

CARMO: “Agora sei que o Senhor salva o seu ungido; ele lhe responderá do céu com vitoriosa força de sua destra”.(Sl 20.6)

FÁTIMA: E neste dia, ao ensejo do seu aniversário natalício, participamos da sua alegria e oramos ao Senhor, dizendo:

SANDRA: “Se, pois, agora servido de abençoar a casa de teu servo, a fim de permanecer para sempre diante de ti, pois tu, ó Senhor, a abençoaste, e abençoada será para sempre”.(1Cr 17.27)

FÁTIMA: E agora, prezado pastor, receba a nossa mensagem de aniversário inspirada na Palavra de Deus, “ para que vos conserveis perfeitos e plenamente convictos em toda a vontade de Deus”.

PARABÉNS

CARMO: “P” é para PACIÊNCIA –
FÁTIMA: “Sede vós também pacientes, e fortalecei os vossos corações, pois a vinda do Senhor está próxima”.(Tg 5.8)

SANDRA: “A” é para APASCENTAR –
FÁTIMA: “Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente”.(1Pe 5.2)

CARMO: “R” é para RECOMPENSA
FÁTIMA; “ Mas sede fortes, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra terá recompensa”.(2Cr 15.7)

SANDRA: “A” é para ALEGRIA
FÁTIMA: “Servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico”.(Sl 100.1)

CARMO: “B” é para BÊNÇÃO
FÁTIMA: “O Senhor vos aumente bênçãos mais e mais, sobre vós e sobre vossos filhos”.(115.14)

SANDRA: “E” é para ESPERANÇA
FÁTIMA: “Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor”.(Jr17.7)

CARMO: “N” é para NARRAR
FÁTIMA: “Para narrardes... que este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; ele será nosso guia até a morte”.(Sl 48.13,14)

SANDRA: “S” é para SANTIFICAR
FATIMA: “ O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo, sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”(1Ts 5.23).

P A R A B E N S!!!! é um acróstico que representa toda a gratidão que suas ovelhas tem para com o Senhor! Esta é a nossa homenagem !!!!!



EU SOU O SENHOR TEU DEUS – JOGRAL

Todos – Deus tem um plano para cada vida. Tinha um plano para Jeremias, antes dele nascer, e, há anos, muitos anos, Ele repetiu as mesmas palavras para o irmão pastor:
1 e 4 – “Antes que eu te formasse no ventre materno, eu te conheci.
5 e 8 – Antes que saísses da madre, te consagrei e te constituí para pastorear meu rebanho.
Todos – Mas no momento em que foste tocado por Deus, disseste: “Ah! Senhor Deus, eis que não sei falar, pois ainda sou tão jovem.”
1 e 2 – Mas o Senhor respondeu: “Não digas: Sou tão jovem, porque a todos a quem Eu te enviar irás, e tudo quanto Eu te mandar, falarás.
3 e 4 – Não temas diante deles, porque Eu sou contigo para te livrar, diz o Senhor.
5 e 6 – “E naquele dia tornar-te-ei servo meu, e te farei como um anel de selar, porque te escolhi, diz o Senhor dos Exércitos.
7 e 8 – Pelejarão contra ti, mas não prevalecerão, porque Eu sou contigo, diz o Senhor, para te livrar”
Todos – Assim começou, pastor, a sua carreira e o seu ministério neste lugar. Cada dia Deus tem provado que, realmente, esta igreja precisava do seu trabalho. Por isso, todos nós rogamos ao Senhor:
1 e 2 – Que o recompense com dádivas celestiais.
3 – Que o dirija sempre em seu caminhar.
4 – Que sejas sempre entusiasmado e encorajado.
5 – Que batalhe a cada dia em prol desta obra.
6 – Que seja um instrumento vivo nas mãos do Senhor Deus.
7 e 8 – Que continue um obreiro aprovado na seara do Senhor.
Todos – Pastor, Deus tem lhe dado um propósito firme; por isso até aqui tem vencido. Continue assim e todas as barreiras serão derribadas. Desejamos que o seu falar e a sua oração ao Senhor, sejam sempre assim:
1 e 4 – “Usa-me! Gasta-me! Molda-me! Como fizeste com o vaso do oleiro.
5 e 8 – Quebranta-me! Instrui-me! E modela-me novamente, para que todos os dias da minha vida possa eu ser um vaso de honra em Tua casa”.
Todos – Pastor Gedeon, anos são passados do seu pastorado e a cada dia vemos o aperfeiçoamento de Deus em sua vida. Não tema, pois, ao passar pelas lutas. Olhe para cima e ouça a voz do nosso Deus dizendo:
1 – “Espera em mim e anima-te, e fortalecerei o teu coração”.
2 – “Clama a mim e revelar-te-ei coisas grandes e firmes que não sabes”.
3 – “Deleita-te na minha palavra, e ela será um bálsamo para teu sofrer”.
4 – “E quando te deitares, não temerás, sim tu te deitarás e o teu sono será suave”.
5 – “ E eis que trarei saúde e cura, e te sararei e te revelarei abundância de paz e segurança”.
6 – “Porque por mim se multiplicam os teus dias, de anos de vida te acrescentarei”.
7 – “ E nenhum mal te sucederá, praga nenhuma chegará à tua tenda”.
8 – “Porque teus caminhos serão caminhos de delícias, e todas as tuas veredas de paz”.
Todos: E mais uma vez o Senhor fala ao nosso Pastor nesta noite:
1 e 4 – “Eis que ouvi a tua oração, e vi tuas lágrimas, eis que Eu tomo conta de ti”.
5 e 6 – “E como tens feito o que é reto aos meus olhos, e guardado os meus estatutos, te guardarei de todo o mal.
Todos – “E não temas porque Eu te remi, chamei-te pelo teu nome, tu és meu”.
1 e 2 – “Quando passares pelas águas Eu serei contigo; quando passares pelos rios, eles não te submergirão; quando passares pelo fogo, não te queimarás, nem chama arderá sobre ti”.
3 – “Porque Eu sou o Senhor, o teu Deus, o Santo de Israel, o teu Salvador”.
4 e 5 – “Visto que foste precioso aos meus olhos, digno de honra, Eu te amei e darei homens por ti e os povos pela tua vida”.
6 – “ Não temas, porque Eu sou contigo, trarei a tua descendência desde o Oriente, e a ajuntarei desde o Ocidente”.
7 e 8 – “Porque todos os que são chamados por mim, os criei para minha glória e os que formei, destes eu cuidarei”.
Todos – E assim, Pastor! Continue firme e que a sua oração seja sempre a de Davi : (ler o Salmo 23 juntos)


MEU PASTOR (Pr. Isaias Lopes Pinheiro)

O meu Pastor E chamado por Deus, Nós podemos perceber A sua vocação.

O meu Pastor É sincero, crente fiel, Tem muito amor, Sabe consolar nas horas de dor.

O meu Pastor É manso, calmo e bom pregador É também conselheiro E leal companheiro.

O meu Pastor É muito importante, Ele é educado... E muito elegante.

O meu Pastor É homem de oração, Intercede por nós, Cheio de emoção.

O meu Pastor É um homem de Deus, Servo fiel, dedicado, Esse é o seu maior predicado.


SER PASTOR Pr. Irland Pereira de Azevedo

SER PASTOR é estar inserido no plano de Deus para a redenção da humanidade. Deus não tem outro plano: nem enviar seus anjos, nem dispor de um imenso amplificador para que Sua própria voz transmita com perfeição, e sem distorções, Sua palavra de redenção. Seu plano consistiu no envio de homens.

SER PASTOR é ser auxiliar de Cristo, a "remar" no barco de Seu Reino, sob suas ordens; não é ser dono da igreja, nem definidor de seu destino. É, sim, estar com Cristo, para assisti-lo. E é ser mordomo, administrador responsável dos mistérios de Deus, Evangelho que por séculos esteve oculto dos homens e que se manifestou em Cristo.

SER PASTOR é ser arauto que solene, grave e dignamente anuncia os decretos do Rei; é ser profeta a falar da parte do Senhor; é ser sacerdote, - por que não? - a abraçar as aflições e as dores da humanidade e levá-las à presença do Sumo Sacerdote, Jesus Cristo.

SER PASTOR é ser mestre, a retirar das despensas de Deus a palavra que instrui, informa, transforma e orienta para o tempo e a eternidade.

SER PASTOR é ser conselheiro pronto a ouvir, compreender e ajudar; e amigo que tem a palavra oportuna e veraz, a mediar o bálsamo divino para corações feridos.

SER PASTOR é ser líder do povo de Deus, que aparece menos pela autoridade que reivindica, pelo domínio que pretende exercer, e mais, muito mais, pelo caráter, pela integridade, pelo exemplo.(1Ped. 5:2, 3).

SER PASTOR não é ser o "faz-tudo", o "manda-chuvas", o "super-astro" a brilhar na ribalta de uma tribuna sagrada que se transforma em passarela de exibicionismo e vaidade. Não. É ser "preparador", "treinador", "habilitador" do povo de Deus para que este sirva, edifique a igreja, promova o Reino de Deus no mundo, cresça enquanto serve, sirva enquanto amadurece e tem por padrão a excelência da estatura do varão perfeito - Jesus Cristo.

SER PASTOR não é ser super-homem ou semideus. É ser homem, comum, normal, mas sobrenaturalmente habilitado para servir ao povo de Deus. É ser homem de verdade e da verdade. É ter os pés no chão do sofrimento, das necessidades e desafios humanos e a cabeça no céu das provisões divinas para um mundo carente.


SER PASTOR é ser capaz de no mesmo dia sorrir e chorar, celebrar a vida e consolar na morte; é ter coração simples com de uma criança para perdoar, e forte como de um gigante, para a sucessão muita vez pavorosa, de experiências traumatizantes.

SER PASTOR é viver no tempo, a edificar para a eternidade; é ser construtor de pontes, pelo mistério e ministério da Palavra, entre o pecador perdido e o Salvador do mundo; entre pessoas que se estranham e agridem-se; entre o sem sentido da História e o sentido que a Palavra revelada aponta; entre as trevas da ignorância espiritual e a luz do Evangelho da graça; é ser embaixador, a proclamar para os homens de todos os tempos: "Reconciliai-vos com Deus", por isso que a ele foi entregue o ministério e nele foi posta a Palavra da reconciliação.

SER PASTOR é ser um paradoxo vivo: é ser afligido e estar sempre alegre; é ser pobre e enriquecer a muitos, e parecer nada possuir, e tudo possuir; é vida que se queima no altar de Deus, entendendo como ventura maior viver e servir. O Pastor dá razão a Tagore quando afirma: "Sonhei que a vida era alegria; acordei e descobri que viver é servir; servi e descobri que servir é alegria".

SER PASTOR é participar de uma obra excelente, bela, que dura, que transcende os limites do espaço e do tempo, que glorifica a Deus; é, por isso, o mais belo dos ofícios, a mais gloriosa das missões, o mais compensador dos sacrifícios.

SER PASTOR requer, entretanto, para que seja experiência venturosa, que o homem de Deus viva no centro da vontade do Senhor e tenha a dedicação exclusiva do soldado, a disciplina rigorosa do atleta, a diligência e perseverança do lavrador, a aplicação diuturna do obreiro a dividir bem a Palavra, a abrir caminhos retos para o caminhar seguro e firme do povo de Deus sob seu cuidado e liderança.

Sejamos Pastores assim, conforme o coração de Deus, e como mordomos fiéis da Palavra eterna.


O PASTOR QUE NÓS AMAMOS


PERSONAGENS

6 crianças mais ou menos do mesmo tamanho e um narrador.

CENÁRIO

O narrador deve colocar-se do lado esquerdo. O pastor e a esposa sãoconvidados a sentarem-se do lao direito. As crianças, à medida que forem entrando, vão se colocando no centro do palco.

Cada criança levará uma das letra que formará a palavra PASTOR, presa no braço esquerdo, na mesma sequencia. As letras que formarão a palavra pastor devem ser bem grandes.
As da palavra esposa poderão ser um pouco menor. Todas as letras devem ser de cor bem viva. uma fita presa atrãs das letras servirá para amarrá-las no braço e no peito das crianças.À medida que o narrador for falando, as crianças vão entrando para formar a palavra pastor.

NarradorHoje, de maneira especial, agradecemos a Deus a vida do nosso pastor. Agradecemos a bênção de tê-lo como nosso guia espiritual, por sua vida e seu ministério.

(Entra a 1ª criança com as letra P no peito e E no braço, e fala:)

Prontidão

O nosso pastor está sempre pronto a nos atender. prontidão é uma característica sua. Em cada situação o nosso pastor antevê possíveis soluções e está sempre pronto agir sem demora. Muito obrigada, pastor pela sua prontidão.

(Entra a 2ª criança com as letra A no peito e S no braço, e fala:)

AmorAmor é outra característica do nosso pastor.

Tantas vezes o pastor tem mque dar de sis, sem nada receber, amando o seu rebanho à semelhança de Cristo.Muito obrigada, pastor, pelo seu amor!

(Entra a 3ª criança com as letra S no peito e P no braço, e fala:)

Solidariedade

O pastor está sempre solidário com as suas ovelhas. Sabe alegbrar-se com os que se alegram e sofrer com os que sofrem, tendo sempre uma palavra de ânimo e conforto para as suas ovelhas. A SOLIDARIEDADE é outra característica do nosso pastor.

(Entra a 4ª criança com as letra T no peito e O no braço, e fala:)

Trabalho

Cuidar de cada ovelha, alimentá-la, protegê-la e ajudá-la a crescer, são atividades que ocupam o tempo do pastor. O seu trabalho não tem horário pré-estabelecido, são 24 horas do dia! E ele está sempre pronto a nos atender.Muito obrigado, pastor, pelo seu trabalho.

(Entra a 5ª criança com as letra O no peito e S no braço, e fala:)

OtimismoEis outra qualidade do nosso pastor: O OTIMISMO. O pastor tem sempre uma palavra de otimismo e de ânimo para dirigir às suas ovelhas. Ele nos ajuda a encarar os problemas e as horas difíceis com confiança, na certeza de que uma solução favorável, dada por Deus virá.

(Entra a 6ª criança com as letra R no peito e A no braço, e fala:)

Renúncia

Sim, a renúncia! Quantas vezes o pastor deixa seus próprios interesses para gir em favor de seu rebanho. Muito obrigada, pastor, pela sua grande renúncia!

Narrador

Por tudo isso, pastor, e por muito mais que o senhor representa para nós, é bom podermos
dizer:

Crianças Muito obrigado Pastor, nós amamos você!

ORAÇÃO DE GRATIDÃO

Após a oração as crianças saem. Oferecer lembrança ao pastor e flores à esposa.Para encerrar a programação, toda a congregação em pé, lerá a bênção sacerdotal: Número 6.24-26



rosa branca que fala de Paz e Pureza e quem possui estas virtudes já tem a maior riqueza.

É a flor cor-de-rosa e representa o Amor; “amai-vos uns aos outros” diz Jesus o Salvador

É a rosa amarela e esta cor faz lembrar O TESTEMUNHO de salvo que o crente deve dar.

É a rosa vermelha que o símbolo da FÉ; e quem possui esta virtude transporta montes, até!

É a rosa lilás, que emblema SANTIDADE; Sede Santos! Nos ordena o Santo Deus da Verdade!
(todas as crianças entregam as flores para uma das filhas ou neta do pastor, que oferta ao mesmo)

Pastor estas são as suas qualidades que aqui representamos e alegremente lhe ofertamos.


ACROSTICO
“P” é para PACIÊNCIA –
“Sede vós também pacientes, e fortalecei os vossos corações, pois a vinda do Senhor está próxima”.(Tg 5.8)

“A” é para APASCENTAR –
“Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente”.(1Pe 5.2)

“R” é para RECOMPENSA
“ Mas sede fortes, e não desfaleçam as vossas mãos; porque a vossa obra terá recompensa”.(2Cr 15.7)

“A” é para ALEGRIA
“Servi ao Senhor com alegria, apresentai-vos diante dele com cântico”.(Sl 100.1)

“B” é para BÊNÇÃO
“O Senhor vos aumente bênçãos mais e mais, sobre vós e sobre vossos filhos”.(115.14)

“E” é para ESPERANÇA
“Bendito o homem que confia no Senhor, e cuja esperança é o Senhor”.(Jr17.7)

“N” é para NARRAR
“Para narrardes... que este é Deus, o nosso Deus para todo o sempre; ele será nosso guia até a morte”.(Sl 48.13,14)

“S” é para SANTIFICAR
O mesmo Deus da paz vos santifique em tudo; e o vosso espírito, alma e corpo, sejam conservados íntegros e irrepreensíveis na vinda de nosso Senhor Jesus Cristo”(1Ts 5.23).

P A R A B E N S!!!! é um acróstico que representa toda a gratidão que suas ovelhas tem para com o Senhor! Esta é a nossa homenagem !!!!!



No dia 10 de junho, comemora-se o Dia do Pastor. Mas o que é ser um pastor? A Palavra de Deus diz que pastor é aquele que cuida das ovelhas e diz que Jesus é o Sumo Pastor.

Pastor é aquele que zela, que procura o bem estar, que escuta, que quer bem.

Pastor é aquele que não mede esforços para ir atrás, apenas de uma ovelha do rebanho que tenha se perdido.

Pastor é aquele que muitas vezes se priva de prazeres comuns, em prol da ovelha. Que doa seu tempo, sua vida e até mesmo seu dinheiro.

Pastor é aquele que muitas vezes trás a marca da dor pela perda de um irmão querido e na face sobriedade que possa consolar aqueles dele esperam tirar forças.

Pastor é aquele que muitas vezes sufoca o gemido é amigo e pra muitos é pai!

O pastor, procura ser o exemplo dos fiéis, procura ser justo e nunca ser instrumento de peso para a ovelha.

O pastor sabe que a recompensa pelas noites mal dormidas, pelos aconselhamentos, pelas privações financeiras... vem do Senhor.

O pastor AMA as ovelhas e por isso se doa por elas. O pastor reflete Jesus!

Dentre tantos personagens bíblicos citados na Bíblia que exerceram o pastoreio, podemos citar o pastor de uma grande igreja – Moisés.

A Palavra de Deus relata que ele foi o homem mais manso da terra, no entanto frente a obstinação de um povo rebelde, teve uma atitude precipitada que lhe impediu de entrar na terra prometida.

Mais adiante no episódio do Bezerro de Ouro, Moisés intercedeu pelo povo junto ao Senhor e num ato de amor extremo, disse ao Senhor que preferia que o seu nome fosse tirado do livro da vida, a ver o povo dizimado! Ref:. Exôdo 32.32.

Moisés amou o povo! Jesus o Sumo Pastor amou a humanidade e se entregou por ela! A pessoa que vive verdadeiramente o chamado pastoral é capaz de dar sua própria vida pela ovelha!

Por isso e tantas outras qualidades atribuídas aos verdadeiros pastores, não apenas felicitações, mas gratidão!


terça-feira, 17 de junho de 2008

PROGRAMAÇÃO DIA DOS PAIS

Jogral : Papai

CRIANÇA 1: Entre os amigos sinceros, há um que sobressai. Adivinhe o nome dele. Isso mesmo, é papai.
CRIANÇA 2: Admiro o papaizinho, que é todo o meu bem-querer. Ora ele toda noite, para Deus me proteger.
CRIANÇA 3: Ah, quando eu ficar homem, como o papai quero ser. Trabalhador e direito, cumpridor do meu dever.
CRIANÇA 4: Papai é chefe, ele é o capitão. Tudo, tudo o que fazemos, precisamos ter sua permissão.
CRIANÇA 5: Se ele diz sim, podemos continuar, se ele diz não, é hora de apelar...
CRIANÇA 1: Estamos usando as roupas de nossos pais porque queremos ficar iguais a eles. CRIANÇA 2: Olha só os sapatos e a gravata.
CRIANÇA 3: Com este paletó não acham que fiquei parecido com ele?
CRIANÇA 4: É assim que meu pai sai para o trabalho. Quando crescer vou usar assim também. CRIANÇA 5: Tive que colocar esta peruca. Pois com o passar do tempo, coitado, perdeu alguns fiozinhos de cabelo.
CRIANÇA 1: Ficar parecido com nossos pais por fora, nem sempre é fácil, mas podemos ficar parecidos “por dentro”. Lembre-se papai, você é o nosso exemplo.

Colaborador: Alessandra Matos

Peça : O pai e o presente
Narrador: É muito fácil em uma data como esta falarmos palavras bonitas a todos os pais presentes. Mas e no dia-a-dia, como tratamos nossos pais? Será que estamos sendo aquilo que eles esperam?A cena a seguir mostra o que normalmente fazemos em nosso cotidiano. Prestem atenção.
1a cena.(Entra o pai com um presente simples para seu filhinho de 5 anos)

Pai: Oi pessoal, cheguei.
Filho (entra alegre e correndo para ver o pai): Oi pai! (lhe dá um beijo).
Pai: Olha o que o pai trouxe para você? Parabéns filho, tá ficando velho hein?!
Filho (como se fosse o melhor presente): Obrigado! Nossa que legal! Que lindo!

2a cena.(Entra o pai com um presente simples para seu filho de 10 anos).
Filho: Oi pai! Comprou meu presente?
Pai: É claro que sim.
Filho: Você é o melhor pai do mundo, é o melhor (dá um abraço no pai).

3a cena.(Entra o pai com um presente para seu filho de 15 anos)
Filho: E aí pai, comprou o que eu te pedi?
Pai: Boa tarde para você também.
Filho: Ta bom, pula esta parte.
Pai: Eu te disse que é muito caro, não tenho dinheiro, mas comprei isso para você.
Filho (pega com desprezo e sai de cena).

ConclusãoPorque os filhos mudam tanto com os pais a cada ano que passa. Em vez de ser cada vez mais agradecidos, se tornam ingratos, nunca está bom, sempre quer mais e mais.

Colaborador: Andrea

_______________________________________________________________________

TEATRO

Peça: O que seu pai é para você?

(o filho esta na mesa, escrevendo alguma coisa, quando entra o pai e o chama).
Pai: Filho, vem aqui um pouco?(finge que não escuta)
Pai: Rodrigo, vem aqui, por favor?!
Filho: Pára de gritar, pai, não esta vendo que estou ocupado? Você não me dá sossego!
Pai: Precisa falar desse jeito comigo? Eu estava te chamando para você me ajudar a mudar a estante de lugar. Eu não dou conta de mudar sozinho. Você só vai perder um minutinho, vem me ajudar, depois você acaba de copiar esta musica.
Filho: Fazer o que né? Enquanto eu não for, você não vai para de encher a paciência. Você não consegue me deixar em paz. (sai para ajudar o pai e volta resmungando)
Filho: Não acredito, tão leve e ele não é capaz nem de fazer isso sozinho...rs(chega um amigo, o pai atende)
Amigo: Oi, Sr. João, o Rodrigo está?
Pai: Entra meu filho, ele esta na cozinha.
Amigo: E aí, vamos sair?
Filho: Opa vamos.
Pai: Mas Rodrigo, você não tinha que terminar a musica?
Filho: Dá um tempo, velho. Não enche.
(Sai falando para o amigo: meu pai é uma mala).
(depois de alguns segundos ele volta)
Pai: Se divertiu meu filho? Vem aqui, vamos conversar um pouco, a gente nunca senta para bater papo.
Filho: Pai, me desculpa, mas você esta me achando com cara do que? Você não sabe nada da vida, esta ultrapassado. Conversar eu converso com meus amigos, pois eles me entende, fala a mesma língua que eu...agora o senhor, francamente, não me faça perder meu tempo.
Pai: É claro que entendo das coisas, tenho experiência de vida, e posso te ajudar em muitas coisas. E não sou ultrapassado, você já se esqueceu como dizia para os seus amiguinhos da rua que eu era o maior e que entendia de tudo? Como tenho saudade daquela época. Você era tão carinhoso comigo, hoje me trata tão mal, como se eu não fosse nada. Não retribui tudo aquilo que fiz por você.
Filho: Pai, nada a ver o que você esta me falando, eu me lembro sim quando dizia que você era o melhor, mas eu era uma criança, não entendia nada, mal sabia amarrar o sapato. E eu não te trato mal, pára de reclamar. Você reclama debarriga cheia. O que você espera, que eu te abrace, te beije? Isso é coisa de boiola. Beijar e abraçar só as meninas.
Pai: Claro que não, eu te coloquei no mundo, sou seu pai, dar beijo e abraço no pai, é um sentimento puro, nobre, não tem porque se envergonhar, e outra, eu sempre vejo você dando abraço em seus amigos.
Filho: Mais é diferente, é abraço de irmão. São meus amigos.
Pai: E eu? Não sou seu amigo? Tomara que você esteja certo.
Filho: Certo do que?
Pai: De que eles são seus amigos, pois quando tudo vai bem é fácil dizer que se tem um amigo. Muitos amigos passarão na sua vida, eu sempre estarei aqui.
Filho(pensa um pouco e fala): Vamos mudar de assunto, eu já cansei dessa conversa.

Narrador: No outro dia...Filho(chega muito irritado): Que saco! Não acredito! Aquele babaca!Pai: O que aconteceu meu filho? Porque esta tão nervoso?
Filho: Fui despedido.
Pai: Não fique assim, vamos dar um jeito. Você vai arrumar um outro emprego.Tenha fé, meu filho, Deus não vai nos desamparar.
Filho: Da licença, ate nessas horas você quer me falar de Deus? Onde estava Deus quando isso aconteceu.
Pai: Nada acontece por acaso, talvez Deus queira te ensinar alguma coisa.
Filho: Agora como vou sair de final de semana?
Pai: Sai sem gastar, vai dar uma volta, sei lá. Você não vai ficar assim por muito tempo.
Filho: A é? Não me diga? E o combustível do carro do Fernando que nos rachamos?
Pai: O Fernando não é seu amigo? Tenho certeza que ele vai te ajudar nessa hora, não é seu amigo?
Filho: É verdade. Já quebrei o galho dele varias vezes, ele nunca me diria não.

(Saem de cena)
Filho: Sabadão chegou, que bom....(chega o amigo para eles saírem)
Amigo: Tá pronto Rodrigo, vamos?
Filho: Estou. Fernando você ficou sabendo, fui despedido. Estou na pior agora, tô sem grana de tudo. Dá para você quebrar meu galho?
Amigo(faz cara de quem não gostou muito): Tá bom, vamos.(o filho volta da balada e conversa com o pai).

Narrador: No outro final de semana o amigo não foi buscar Rodrigo, nem no outro, nem no outro e assim passou dois meses.Rodrigo percebeu então, que o que sustentava sua amizade era o seu dinheiro. Ele tentou falar com Fernando, mas foi em vão. Se sentiu sozinho. Mas seu pai sempre estava ali, o apoiando, dando forças a cada dia.
Pai: Bom dia, meu filho (dá um abraço) que dia lindo! Vem tomar o café da manhã.Eu preparei um bem reforçado para você. E olha eu tenho certeza que Deus te preparou um bom emprego hoje. Todos os dias eu peço a Deus por você, para que Ele possa te abençoar, guiar sempre. E Deus escuta a oração de um pai, pois também é pai.
Filho: Pai sempre te tratei tão mal. Sempre fui tão frio com senhor, porque ainda sim me trata com tanto carinho? Eu não consigo entender.
Pai: Eu te amo meu filho, e daria a vida por você. E eu sempre te disse que sempre estaria aqui, se lembra?
Filho: É verdade, pai. E você também me dizia que amigos passaram...e eu não acreditei, olhe para mim, ninguém vem mais em casa, porque não tenho dinheiro.Gostaria de te pedir perdão pai, por todo o desgosto, vergonha, que eu te fiz passar. Sabe que com tudo isso que aconteceu eu aprendi muita coisa.
(o filho sai para procurar emprego, mas volta e dá um abraço no pai)
Pai(se ajoelha, muito feliz): Obrigado meu Deus! Com esta prova abriste os olhos de meu filho. Obrigado meu Deus, do fundo do meu coração e ajuda-o a encontrar um bom emprego, ele já aprendeu a lição.(depois de algum tempo, o filho volta muito feliz)
Filho: Pai, pai onde você esta? Pai vem aqui.
Pai: Que foi meu filho, o que aconteceu?
Filho: Arrumei um emprego pai. E vou ganhar muito mais. Estou muito feliz. (dá mas um abraço no pai).
Pai: Ué meu filho, não mais vergonha de me abraçar?
Filho: Claro que não pai, você é meu amigo fiel, para todas as horas, eu te amo, me desculpa não ter percebido isso antes.

Conclusão
E você filho? Principalmente os meninos, tem vergonha de abraçar e beijar seu pai? Neste momento, todos os filhos aqui presente, dê um beijo e um abraço bem gostoso no seu pai.Não deixe este momento passar, não deixe para amanhã o que você pode fazer agora. Quantos aqui não gostariam de ter seu pai ao seu lado para poder abraçar, beijar, dizer "te amo". Você que tem agradeça a Deus. Feche os olhos nestemomento e converse com o Pai maior, o pai dos pais e agradeça pela alegria de ter um pai.

Colaborador: Andrea

-------------------------------------------------------------------------------------------------
POESIA

... E Fez-se o Pai

Hoje é o Dia dos Pais.
Que alegria para aqueles que ainda têm seu pai vivo!
Aproveitem o dia de hoje para fazê-lo feliz.
Para homenagear os pais, escolhi uma página lindíssima escrita por Erna Bombeck, com o título "...e fez-se o pai".

"Quando o bom Deus criou os pais, começou com um grande esqueleto.
E um anjo, vendo-O trabalhar, disse: "Que espécie de pai é este?
Se o Senhor fez as crianças tão rentes ao chão, para que um pai tão alto?
Ele não poderá jogar bola de gude com o filho sem se ajoelhar, nem pôr a criança na cama sem se curvar, nem beijá-la sem se curvar!"

Deus sorriu e disse: "Sim, mas se Eu o fizer tão pequeno, para quem as crianças alçarão os olhos?
""E Deus fez as mãos daquele pai, grandes e rijas. O anjo balançou a cabeça e disse: Mãos tão grandes não poderão manejar alfinetes de fraldas ou pequenos botões, nem fazer curativos ou remover farpas.

E Deus sorriu e acrescentou:"Sei disso, mas elas são grandes o bastante para guardar tudo o que sair dos bolsos de um menino e empalmar o rosto de uma criança.
""Então Deus modelou pernas grandes, fortes e ombros largos. Não compreende que criou um pai sem colo? falou o anjo.
Deus disse: "Só as mães precisam de colo.Um pai precisa ter ombros largos e fortes para puxar carrinho, empurrar um balanço ou amparar uma pequenina cabeça adormecida quando as crianças voltarem do passeio para casa.

""Deus estava em plena modelagem dos maiores pés que alguém já tinha visto até então, quando o anjo não se conteve. Isto está errado! Acredita honestamenteque estas pranchas enormes conseguirão se levantar sem fazer ruído quando o bebê chorar de madrugada? Ou caminhar pela sala apinhada numa festa de aniversário sem pisar pelo menos em três dos pequenos convidados? Deus sorriu e afirmou:São para trabalhar.

Você verá. Eles permitirão que o pai brinque de cavalinho com seus filhos, servirão para espantar ratos da casa e obrigarão a usar meias capazes de servirem para enchê-las de brinquedos no Natal.
"Deus trabalhou durante toda a noite, dando ao pai poucas palavras, mas uma voz grossa e firme, olhos que viam tudo, mas que continuavam calmos e tolerantes.
""Finalmente, quase que como uma reflexão tardia, acrescentou-lhe as lágrimas.
Voltou-se, então, para o anjo e perguntou: "E agora, está convencido que ele possa amar tanto como uma verdadeira mãe? E o anjo nada mais disse.

"Feliz Dia dos Pais!

Colaborador: Vanio Kleber Ribeiro Fortes
-------------------------------------------------------------------------------------------------

POESIA

Ao meu pai

Pai... Penso em você, e sinto uma imensa alegria, E me sinto muito orgulhosa em ser sua filha! Você se saiu muito bem em sua missão de "pai" Nunca esqueço, tudo que você fez por mim, Você sempre batalhou dias, tardes e noites, Criou seus filhos com carinho, amor e dedicação

Pai... Estamos criados...mas... ainda hoje, sei que posso contar com você. Acho muito legal, esse seu jeito, de se preocupar com a gente... Sempre está nos ajudando em algo, sempre tem palavras certas e sábias, sempre um sorriso, sempre um jeitinho para tudo... E por isso papai, você está no meu coração!!!

Colaborador: Christiny
------------------------------------------------------------------------------------------------

POESIA

Seu dia pai!

Pai, hoje lembrei-me de você!Lembrei que é seu dia!Mas na verdade, seu dia sãotodos os dias, porque Painão esquece de filho!Por isso quero te agradecer portudo que você faz e, com certeza,continuará fazendo por mimaté o fim de sua vida.

Pai...Você que alimenta meus sonhose combate meus pesadelos...Abre seus braços para mim, quandoo mundo me fecha as portas...Vela-me quando durmo, e segue-mequando estou acordado(a)...Suporta o fardo da responsabilidadepara que eu viva dignamente...Comemora minhas vitórias comose fossem suas, e esquecedos meus fracassos...Suporta meu frio, refresca o meu calor, recolhe as folhas do meuoutono, e enche-me deflores primaveris!Busca na fonte da sabedoria a melhor água para minha sede de saber

...E no campo, o melhor alimentoque me faça crescer felize saudável...Nos rios da vida, cria-me pontespara que as correntezas nãome joguem nas pedras...Nos mares revoltos de minhasinsatisfações, lança-me botes elemes para que eu sobrevivaàs tormentas...Ensina-me a me defender dosventos fortes que ameaçamo meu equilíbrio...Clareia os meus pensamentos,e apaga os presságios ruins...Se necessário, dá os seus bens, sua saúde, sua vida, para que eu tenha a minha, e viva feliz...E fazendo tudo isto por mim,ensina-me a amar a Deus!Você é o melhor pai do mundo!Eu te amo!!!

Feliz Dia dos Pais!

Colaborador: Desconhecido
-------------------------------------------------------------------------------------------------

POEMA

Ser pai

PAI (definição)Ser pai é ter coração generosocapaz de se imolar pelo dever,é se julgar feliz, ser orgulhoso...sentindo o próprio sangue reviver...

Ser pai é achar o céu sempre formoso,refletidor nos olhos de outro ser...Não desejar na vida maior gozo,do que vê-lo cercado de prazer...

Ser pai é querer bem a naturezaque purificando o pensamento,nos faz rever um mundo de prazer.É colher maior grau de perfeição.É ter quer na alegria ou no tormentoO cérebro ligado ao coração

...Poema de Ricardo O. da Silva Azevedo

---------------------------------------------------------------

JOGRAL

A MAIS SUBLIME LIÇÃO
(jogral - 5 crianças)

1ª criança- A glória dos filhos são os pais e os filhos a herança do Senhor.Todos- Crianças, agradeçamos a Deus neste dia, pelos pais, pelos filhos, pelo amor.

2ª criança- Guarda o mandamento do teu pai- é o conselho do grande Salomão que acrescenta com sabedoria:

3ª criança- O filho sábio do pai ouve a instrução.

4ª criança- O Senhor disciplina a quem ama como o pai ao filho a quem quer bem.

5ª criança- Corrigindo-os com entendimento, visando a glória de uma vida além.

1ª criança- Como um pai se compadece do seu filho também o nosso Deus assim o faz- se compadece daqueles que O temem.

Todos- Dando-nos bênçãos de perdão e paz!

2ª criança- O pai do justo se regozijará; seu coração se enche de alegria.

3ª criança- Pois teme o seu filho ao Senhor, que é o princípio da sabedoria.

4ª criança- Vós filhos, obedecei a vossos pais no Senhor.

5ª criança-Não provoqueis, ó pais, os vossos filhos, criai-os nos caminhos do Senhor.

Todos- E crescendo não se desviarão pra honra e glória do Seu Criador.

(Noemi Campos – adap. Amélia L. Oliveira

-------------------------------------------------------------------------------------------------

JOGRAL

CONSELHOS A UM JOVEM PAI
(Jogral dramatizado para 5 pessoas)

Os personagens ficam à frente da congregação:Jovem pai - Pai experiente, mais velho -Mãe - Menino - Menina - O pastor também participa da apresentação.

Pastor- Você, jovem pai, alegrou-se com o nascimento dos seus filhos. Quando Deus lhos concedeu, certamente você sentiu que grandes responsabilidades lhe estavam sendo impostas, não só a de sustentar e proteger a vida das crianças, mas, também, a responsabilidade de orientá-los e guiá-los no caminho do Senhor.

Jovem Pai- Sim, é verdade. E que farei para sair-me bem dessa incumbência?

Pastor- Escute o conselho do rei sábio Salomão:Todos- “Dize à sabedoria: tu és minha irmã; e à prudência chama tua parenta''.

Pai experiente- Jovem pai, sabedoria e prudência SÃO companheiras inseparáveis, principalmente no que diz respeito à educação dos filhos.

Pastor- Mas, lembre-se de que a sabedoria não consiste na cultura secular que você adquiriu. A sabedoria é filha da consciência cristã, do convívio com a Palavra de Deus, da atitude de oração.

Pai experiente- A prudência não significa ceder, mas agir na hora certa, e sem deixar-se dominar pela ira.

Pastor- Não castigue os seus filhos pelo valor do prejuízo que ele causou, por exemplo, quando um deles quebrou o lindo jarro da sala; isso seria imprudência. Castigue-o pela responsabilidade que lhe coube no incidente.

Todos- A sabedoria e a prudência não decepcionam os filhos ao receberem a disciplina.Pastor- Não se descuide, jovem pai, de ensiná-los a serem honestos e verdadeiros.

Mãe- Um dia desses, alguém que você não desejava receber, bateu à porta. Aborrecido, você mandou uma das crianças dizer que você não estava em casa.

Pastor- Se você ensinar seus filhos a mentirem, só porque não quer receber certa visita, eles logo aprenderão que a mentira é a maneira mais fácil para sair-se bem de alguma dificuldade, até mesmo para encobrir os próprios erros. Assim, você poderá estragar a formação do caráter deles.

Jovem Pai – Que o Senhor me livre de contribuir para a má formação de meus filhos. Quero educá-los nos Seus santos caminhos.

Pastor – Pois os ensine, desde os mais tenros anos, a amar a casa do Senhor. Aqui, eles receberão preciosos ensinamentos da Palavra de Deus e terão um convívio sadio.

Mãe- Certo domingo, pela manhã, você disse aos seus filhos: “vão à igreja, meus filhos, hoje é domingo”. Mas você mesmo não foi!

Menina- Eu fui sozinha com meu irmão. Fiquei muito triste!

Menino- Por que você não foi, papai?

Jovem Pai- Ora, meu filho! Nem sei...

Pai experiente- Você, jovem pai, deve dizer:”Vamos à igreja” e ir com eles. O exemplo é a lição mais eficiente. Somente palavras e teorias os cansarão.

Jovem Pai- Ensina-me, Senhor, a sentir como Davi quando exclamou:”Alegrei-me quando me disseram:Vamos à casa do Senhor”. Que eu possa transmitir essa alegria aos meus filhos.

Pai experiente- Lembro-lhe, também, jovem pai que, tanto quanto possível, seja companheiro deles, não apenas nas horas de lazer, mas em todas as circunstâncias da vida, aconselhando-os com amor. É verdade que seus filhos terão amiguinhos que lhes serão companhia agradável e alegre. Ninguém, todavia, o substituirá junto deles. Seus filhos lhe sentirão a falta e se queixarão.

Escute as queixas deles agora mesmo:

Menina- Por que você, papai, não conversa comigo?

Menino- Por que você não me leva a passear nos feriados?

Pastor- Se você não for o companheiro e o conselheiro dos seus filhos, eles também não o procurarão quando ingressar na vida. Buscarão os amigos que lhes estenderem a mão quando se sentirem sozinhos. E o que essas pessoas aconselharão?

Todos- como é grande a sua responsabilidade jovem pai?

Jovem Pai- Direi como o rei Salomão:”Dize à sabedoria: tu és a minha irmã e à prudência chama tua parenta”. Rogo a Deus que me faça sábio e prudente para poder dar sólida educação cristã a meus filhos.

Pastor- Que seja esse o propósito de todo pai cristão.

Todos- Sim, Senhor.Que assim seja!

(Carmem Peixoto Portela)
-------------------------------------------------------------------------------------------------

TEATRO

VOLTA AO LAR(parábola do Filho Pródigo – Lucas 15.11-24)

Personagens:1ª parte: NarradorVoz oculta (do filho mais moço) Voz oculta (do pai)
2ª parte: Filho mais velho- 1º servo - 2º servo - Pai(todos usam trajes da época)

Cenário- cozinha de uma casa antiga. Mesa rústica, vasilhas de barro, facas de cozinha e outros utensílios. A um canto, algo que possa sugerir um forno antigo.

1ª Parte(O narrador vai à frente, filho e pai estão ocultos)

Narrador- certo homem tinha dois filhos e o mais moço disse ao pai:Voz do filho- Pai, dá-me a parte que me cabe dos bens.

Narrador- E ele repartiu os haveres. Passados não muitos dias, o filho mais moço, ajuntando tudo o que era seu, partiu para uma terra distante, e lá dissipou todos os seus bens, vivendo dissolutamente. Depois de ter consumido tudo, sobreveio àquele país uma grande fome e ele começou a passar necessidade. Então ele foi e se agregou a um daqueles cidadãos daquela terra, e este o mandou para os seus campos a guardar porcos. Ali ele desejava fartar-se das alfarrobas que os porcos comiam, mas ninguém lhe dava nada.

Então, caindo em si, disse:Voz do filho- Quantos trabalhadores de meu pai têm pão com fartura, e eu aqui morro de fome! Levantar-me-ei e irei ter com meu pai e direi: Pai, pequei contra o céu e diante de ti, já não sou digno de ser chamado teu filho; trata-me como um dos teus trabalhadores.Narrador- E, levantando-se, foi para seu pai. Vinha ele ainda longe, quando seu pai o avistou e, compadecido dele, correndo, o abraçou e beijou.

E o filho lhe disse:Voz do filho- Pai, pequei contra o céu e diante de ti; já não sou digno de ser chamado teu filho.Narrador-

O pai, porém, disse aos seus servos:Voz do pai- Trazei depressa a melhor roupa, vesti-o, ponde-lhe um anel no dedo e sandálias nos pés; trazei também e matai o novilho cevado. Comamos e regozijemo-nos, porque este meu filho estava morto e reviveu, estava perdido e foi achado.

Narrador- E começaram a regozijar-se. Ora, o filho mais velho estivera no campo; e, quando voltava...

2ª Parte(Dois servos entram carregando vasilhas de barro e utensílios de cozinha. Começam a preparar o banquete. Manejam grandes facões como se estivessem tratando a carne do bezerro cevado, dentro das vasilhas de barro. Um jovem entra, com roupa de trabalho, pára um pouco, escuta, admirado, as músicas vindas do interior da casa.)

Filho (surpreso)- Por que esta música? Estão preparando um banquete? (olha as atividades dos servos) Que está acontecendo aqui? Que festa é esta?

1º servo (abaixando-se junto ao forno para observar a bandeja que está a assar)- Seu irmão voltou.

2º servo (sempre tratando a carne)- Seu pai mandou matar o bezerro que estávamos cevando e preparou uma grande festa para comemorar a volta dele.Filho (visivelmente contrariado)- Ah! Então ele voltou? E meu pai vai dar uma grande festa! Mas não há razão para isto...

2º servo- Ora, patrãozinho, tanto tempo que o menino estava fora! Não fica alegre?

1º servo- Seu pai está muito feliz e deu ao seu irmão um rico manto, um anel e sandálias novas.

Filho (com muita rispidez)- Ah! Então meu pai vai comemorar o desperdício que meu irmão fez com sua fortuna?

1º servo- Não, não é isso! Seu pai quer comemorar a volta dele. O patrãozinho não está contente?

Filho (ainda mais zangado) – Eu, contente? (vira as costas) . Não participarei desta festa! (muito revoltado) E sabem? Não entro mais nesta casa!

(ao sair, encontra-se com o pai que vai entrando).

Pai ( encaminha-se para o filho, sorridente, esperando que ele compartilhe de sua alegria) – Meu filho, você já soube da novidade? Não? Seu irmão voltou!

Filho – Já soube, sim...Pai- Você não imagina como estou feliz!

Filho (cada vez mais irritado)- Imagino, sim...Pelos preparativos para a festa, que estou vendo...

Pai- Meu filho! É esta a sua reação diante de uma notícia tão maravilhosa? Você não acha que eu tenho razão para fazer esta festa? Você se esquece dos dias de angústia que passamos, sem saber do paradeiro do seu irmão?

Filho- Justamente por isto é que eu estou aborrecido, pai. Ele, por acaso, pensou no nosso sofrimento? Na certa, voltou porque não tem mais dinheiro para gastar...

Pai- Quanto pedi a Deus por este momento, meu filho! E você não entende a minha alegria...

Filho (contrafeito)- Entendo até certo ponto...mas, e eu, pai? Estive todo o tempo com o senhor, trabalhando, nunca lhe dei um desgosto...e quando foi que o senhor fez uma festa para mim? Nunca tive uma festa para alegrar-me com os meus amigos! Nunca, nunca, não foi?

Pai (conciliador)- Meu filho querido! Eu e você sempre nos entendemos. Trabalhamos juntos com os mesmos propósitos e você sabe que tudo o que é meu é seu também! Nunca soube que você desejava uma festa... e você acha que eu não faria uma se tivesse pedido?

Filho- Eu sei, pai, mas...

Pai (interrompendo)- Considere o significado da volta do seu irmão. Pensávamos que ele havia morrido e...de repente, ele voltou ao lar! Ele se arrependeu dos seus pecados e eu o perdoei. Ó, meu filho, seu irmão ESTAVA PERDIDO, e FOI ACHADO!

Pense nisto: ele ESTAVA PERDIDO E FOI ACHADO! (Dá ênfase à frase final)

Clube de Treinamento para Escritores Evangélicos, Recife
-------------------------------------------------------------------------------------------------

JOGRAL

HOJE É TEU DIA...ESCUTA, PAPAI

MENINAS- Pela mamãe que escolheste para mim...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelo meu lar e pedacinho do céu, que os dois construíram...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Pelo beijo que me dás, cada manhã, quando vais para o trabalho...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelo meu primeiro livro, quando entrei na escola...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Pelas broncas que me dás, de vez em quando ou de vez em sempre...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelas palmadas, poucas ou muitas, no lugar preciso e na hora certa...

TODOS- Eu te agradeço, papai”

MENINAS- Pelas tardes de sábado, domingo ou feriado que ficas em nossa companhia...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Pelo honrado nome que herdei, pelo que tenho de parecido contigo...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Porque tu és bom, generoso, terno, amigo, trabalhador e corajoso...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINOS- Porque em tudo és um verdadeiro exemplo para a família e amigos...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

MENINAS- Porque tu me ensinaste o caminho do bem e do dever...

TODOS- Eu te agradeço, papai!

TODOS- Nós te agradecemos, Papai do Céu, e Te pedimos que abençoes ricamente nosso papai, hoje e sempre. Amém.

________________________________________________________________________JOGRALQUANDO

JOGRAL

TEU FILHO TE PERGUNTAR....RESPONDERÁS
(Jogral adaptado de um artigo de Célia C. Reis)

TODOS- Quando teu filho te perguntar...

1- Responderás...

TODOS- Responderás que DEUS É AMOR.

2- Se teu filho crescer acostumado a sentir em Deus um Pai amoroso e não tirano, diante de quem se deve chegar amedrontado, mais tarde ele O buscará sempre, pois confiará no amor divino.

1 e 3- Quando teu filho te perguntar...

TODOS- Responderás que DEUS É FIDELIDADE.

3- Se teu filho crescer acostumando-se a presenciar orações de gratidão por bênçãos recebidas, por respostas maravilhosas dadas a pedidos feitos com fé, mais tarde ele confiará no Deus fiel e O confiará sempre.

1 e 2- Quando teu filho te perguntar...

TODOS- Responderás que DEUS É MISERICÓRDIA.

1- Se teu filho crescer acostumando-se a ter em Cristo um amigo bondoso e verdadeiro, mais tarde ele O procurará sempre, pois verá que neste mundo não existe amigo igual

.2 e 3- Quando teu filho te perguntar...

TODOS- Responderás que DEUS PRECISA DELE.

2- Se teu filho crescer acostumando-se a sentir que sua vida, seu tempo, seus talentos, seu dinheiro, seu tudo, são necessários ao desenvolvimento do reino de Deus, mais tarde ele não se negará a servir à causa de Deus e bem cedo responderá afirmativamente ao chamado do Espírito Santo.

1 e 3- Quando teu filho te perguntar...

TODOS- Responderás que DEUS É O CAMINHO.

3- Se teu filho crescer acostumando-se a trilhar o caminho certo, mais tarde ele não se desviará dele, muito embora possa dar muitas voltas, pois conhecerá a estrada que conduz à Salvação.

TODOS- Porém, se teu filho não te perguntar,

1- Mesmo assim, não olvides a tua responsabilidade como pai cristão, pois ele poderá não traduzir em palavras o que sente, mas ele vê, ouve e guarda tudo o que se passa ao seu redor.

2- Fala-lhe, mostra-lhe, mas principalmente,

TODOS- PROVA-LHE com tua vida quanto lhe é ensinado,

3- E terás cumprido fielmente a missão maravilhosa de preparar um filho para mais tarde ser um servo de Deus.

TODOS- “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e ainda quando for velho, não se desviará dele.” (Provérbios 22.6)__________________________________________________________________________JOGRALSER

JOGRAL

PAI (jogral)

TODOS- Ser pai é procurar ser amigo, espelho e mestre do seu filho.

1- É ter no coração a alegria de ser PAI.

2- É ser feliz pelo simples privilégio de ter um ou mais filhos para com eles conviver.

3- É chorar quando o filho chora.

4- É sorrir quando o filho sorri.

1- É sofrer quando o filho sofre.

2- Ser pai é acordar bem cedinho,

3- O pão de cada dia ganhar.

4- Ser pai é ouvir, no final do dia, os filhos e a esposa perguntarem:

1- Como foi o seu dia, papai?

2- Está muito cansado?

3- Esquecendo lutas e fadigas, ele abraça os filhos e ensina-os a orar:

TODOS- “Graças Te dou, ó Deus, nosso Pai, pelo dia de trabalho e pelo pão que Tu nos dás”

2- Ser pai é ensinar aos filhos o caminho do Senhor.

3- É tornar-se como uma criança, para com o filho brincar.

4- É tornar-se adolescente, para com ele dialogar.

1- É tornar-se amigo do jovem, e de seus problemas participar.

2- Ser pai é incentivar, aconselhar...

3- É aos passos do filho acompanhar.

4- Nunca a falsidade usar, pois ser pai requer somente a verdade falar.

1- Ser pai, que pequenina frase!

2- Mas quanta responsabilidade!

3- Ser pai é com o filho participar de derrotas e vitórias;

4- Não só de sonhos, mas também de realidade...

TODOS- PAIS: Ensinem a seus filhos o caminho em que devem andar, e ainda quando forem velhos, não se desviarão dele.

- Autor desconhecido

-------------------------------------------------------------------------------------------------

JOGRAL


UM HOMEM FELIZ
(Jogral inspirado no Salmo 128)

TODOS- Papai, você é um homem feliz!

1- É feliz porque teme ao Senhor

2 e 4- e anda nos seus caminhos.

TODOS- Papai, você é um homem feliz!

2- porque vive do seu trabalho honesto

1 e 3- e sente prazer no que faz.

TODOS- Papai, você é um homem feliz

3- porque tem uma esposa fiel como a mamãe

2 e 4 – que lhe deu filhos como nós ,

1 e 3- formando uma família alegre e barulhenta,

4- faminta e gulosa,

2 e 3- ao redor de uma mesa farta.

TODOS- Papai, você é um homem abençoado

1 e 4- porque teme ao Senhor.

2- Por isso, no seu dia, oramos de coração:

TODOS- Que o Senhor o abençoe desde os Céus,

3 e 4- para que veja a prosperidade de sua família

1- durante toda a sua vida;

2 e 3- veja a terceira geração – os seus netinhos,

TODOS- e veja a paz de Deus reinando no seu lar.

Graças dou, ó Deus, por meu pai.
Graças dou – contente ele vai
Passo a passo, andando na luz.
Ele é feliz porque tem Jesus!

(Música de Cânticos de Salvação para Crianças, vol.3, nº36)

Esther Duarte Costa

-------------------------------------------------------------------------------------------------

PEÇA


OBRIGADO DEUS, POR NOSSOS PAIS


Personagens
4 meninos representando as quatro raças
6 meninos vestidos como bombeiro, carteiro, lavrador, médico, soldado e pescador
6 meninas vestidas como mulheres
Narrador

Narrador: deus criou homens de vários tipos e raças

Entrem os meninos representando as várias raças



Índio: sou índio
Negro: sou negro
Asiático: Sou asiático
Branco: Sou branco

Narrador: Deus ordenou ao homens que trabalhassem

Entram os meninos vestidos com roupas características da profissão

Menino 1: Sou lavrador

Menino 2: Sou bombeiro

Menino 3: Sou médico

Menino 4: Sou carteiro

Menino 5: Sou soldado

Menino 6: Sou pescador

Narrador: Deus amou tanto os homens que lhes deu uma ajudadora

Entram as meninas caracterizadas como mulheres e ficam ao lado dos meninos.

Narrador: Agora Deus deu ordens aos pais...

Menino 1: Deus é o único Senhor

Menina 1: Ouçam... o Senhor é o nosso Deus

Os Meninos: O único Deus...

Menino 2: Amarás o teu Deus

Menina 2: De todo coração

Os Meninos: De toda tua alma

As Meninas: De todas as suas forças

Os Meninos: Guarda essas palavras no seu coração

As Meninas: E na tua mente

Menino 3: Ensina os teus filhos

Menina 3: E as tuas filhas

Menino 4: Senta-te e fala que Deus é o único Senhor

As Meninas: Que ele é o nosso Deus.

Narrador: No tempo certo, deus começou a buscar um casal para ser o pai de seu Filho, o seu único Filho amado. Deus buscou um homem muito especial para ser um pai especial. Um homem que:

Menino 1: Amasse a Deus

Menino 2: Obedecesse a Deus.

Menino 3: Orasse a Deus

Menina 4: Conhecesse a palavra de Deus

Menino 5: Os ensinos de Deus

Narrador: Quando Deus achou José, ele parou de buscar um pai para seu Filho. Em José Deus achou:

Menino1: Um homem direito

Menino 2: Justo

Menino 3: Amável

Menino 4: Compreensivo

Menino 5: Trabalhador

Menino 6: Paciente para ensinar os seus filhos

Todos: Exemplo de um bom pai

Narrador: Deus disse que as crianças deveriam ser ensinadas

Menina1: Ensina-nos

Menina 2: Treina-nos

Menina 3: Corrige-nos

Menina 4: Disciplina-nos

Menina 5: Instrui-nos

Menina 6: Cria-nos nos caminhos do Senhor

Todos: Para que possamos crescer em sabedoria, em estatura e em graça diante de Deus e dos homens com Jesus



Autoria de Hazel Collins

-------------------------------------------------------------------------------------------------

JOGRAL

Decálogo de Pai



1 Constituirás tua família com amor, sustentando-a com o teu traba­lho e dirigindo-a com energia e bondade.
2 Serás prudente nos negócios, pródigo no ensinar, zeloso em manter a autoridade materna, ponderado ao decidir, mas irrevogável em tuas decisões.

3 Terás para com tua esposa permanente solidariedade moral. Nela buscarás, sem nunca desatender aos seus conselhos.

4 Destruirás todos os erros em teu lar e qualquer desordem que nele apareça.
5 Faze com que haja sempre saldo, tanto nos afetos como nos negócios.

6 Aja de tal maneira que teus filhos vejam em ti, quando crianças, força que ampara; quando adolescentes, inteligência que ensina; quando homens, o amigo que aconselha.
7 Jamais comentarás a loucura de por em conflito ou em luta o poder paterno com o materno.

8 Afasta teus filhos do caminho do vício, ensinando-Ihes a vencer
com virilidade os males e as maldades da vida.

9 Estuda com atenção as aptidões de teu filho. Não lhe faças compre­eder que pode ser mais do que tu; coloca-o silenciosamente a caem­no de cedeu.

10 Vela para que ele seja tão robusto de corpo como são de inteligên­cia. Faze dele um "homem" antes de faze-lo um “Sábio’’’”.

-------------------------------------------------------------------------------------------------

JOGRAL

SUPER PAI>>>>

NARRADOR: Ser pai não é nada fácil, mas como um bom servo de Deus, >>ele não tem apenas a responsabilidade de trabalhar, sustentar a >>casa, comprar roupas e sapatos para a esposa e os filhos, e fazer >>outras despesas necessárias.>>Todas essas coisas de adultos que vocês já conhecem. Não, não é só >>isso. Um homem verdadeiramente temente a Deus tem dons e vou >>revelar seis deles.>>>>

(À medida que o narrador chama pelo nome, cada criança com seu >>escudo entra e se posicionam à direita do palco.)

>>>>PAI AMIGO>>É aquele que brinca e ri com a sua criança, varias vezes por dia. >>Carrega seu pequeno nos ombros, acaricia seus cabelos, ouve suas >>historias. A criança sente uma grande alegria por estar ao lado do >>seu pai amigo. Eles sentam-se no chão e dão asas a imaginação. Você >>conhece esse pai?

>>>>PAI VERDADE>>Essa qualidade faz o pai ser integro e leal. Suas palavras são >>pensadas e você pode confiar no que ele diz. Se prometeu ao menino >>que lhe daria um doce ou então uma palmada, ele não se esquece. Ele >>ensina a verdade ao seu pequeno, pois esse pai sabe que a verdade >>fará de sua criança um forte. Você conhece esse pai?

>>>>PAI CONSOLO>>“Não chore meu filho, o papai está aqui!” Pode ser um joelho >>arranhado, um pesadelo de noite, um coração magoado... ele resolve >>quase tudo. O pai consolo é um pai presente, perto da gente, e isso >>traz segurança e otimismo para enfrentar o que vem pela frente. >>Quem viu esse pai por aí?

>>>>PAI SABEDORIA>>A sabedoria faz o pai reconhecer que o temor de Deus é o principio >>de toda sabedoria. O pai compreende que, sem a ajuda do Pai >>Celestial, sua missão aqui na terra não será cumprida. Por isso, >>dobro os seus joelhos e roga a Deus: “Pai Celeste, proteja os meus >>filhos do mal e derrame as Tuas bênçãos sobre eles. Amém.” palmas >>para esse pai!

>>>>PAI CORAGEM>>Todo pai precisa de coragem para enfrentar os desafios de nossos >>dias. Ele torna o herói forte em seu caráter e fiel em seus >>propósitos. Ajuda-o a reconhecer os seus erros e saber pedir >>perdão. Dá-lhe forças para dizer não aos vícios ou tentações, para >>que sua vida seja um exemplo para os pequenos olhos que o observam. >>O pai que usa a coragem enfrenta desafios para que sua família não >>sofra qualquer perigo e sabe que sua vida ensina mais que mil >>palavras. Valeu, pai. Queremos conhecê-lo!

>>>>PAI AMOR>>Este é o pai com o maior de todos os sentimentos, capaz de cobrir >>multidões de faltas. Faz o pai saber que ninguém é perfeito, nem >>seus filhos ou esposa; que nem sempre as coisas são como desejadas, >>mas mesmo assim ele deve amar. Amar além das aparências, a ponto de >>pensar primeiro nos outros e não em si mesmo. Isso fortalece o pai >>para que plante amor por meio de gestos e palavras dirigidos à >>esposa e aos filhos, sabendo com certeza que mais tarde colherá >>belos frutos. Graças a Deus por sua vida, pai!>>>>

(Música alegre; todas as crianças entram para formar o coral. As >>crianças com os escudos ficam em destaque e levantam seus escudos à >>medida que o narrador vai citando-os).

>>>>NARRADOR>>Um pai de verdade recebeu de Deus todas essas qualidades. Ele é o >>pai amigo, o pai verdade, o pai consolo, o pai sabedoria, o pai >>coragem e o pai amor. Mas sabemos que não é nada fácil ser pai. Sua >>luta é realmente muito grande, e se lhe faltar alguma dessas >>qualidades, você pode pedir Àquele que é o Pai Supremo, o Deus Todo >>Poderoso e Ele lhe dará, então, você poderá dizer:

>>>>TODAS AS CRIANÇAS>>“Tudo posso naquele que me fortalece.” Papai, nós amamos você.


-------------------------------------------------------------------------------------------------

HOMENAGEM

Desenvolvimento Enquanto a mensagem vai sendo transmitida, a dirigente irá formando no flanelógrafo a escada que cada pai deve subir -

o 1º lance (como homem), degrau por degrau

– depois o 2º lance (como cristão), degrau por degrau –

e por fim, o 3º lance (como pai).


Dirigente - Analisemos como o pai deve crescer:


1. COMO HOMEMO pai é cidadão de seu país, presente na sociedade, e por isso deve ser:


ESPERANÇOSO – 1Co 15.19 – É um pai que se preocupa com o bem estar da esposa e dos filhos. Providencia o sustento de sua casa, preocupa-se com a educação dos filhos e com a saúde de todos, para que os seus sejam cidadãos dignos e úteis à nação. Mas o pai não está preso somente a esta vida, a esta pátria terrena. No versículo citado, vemos que nossa esperança deve estar além desta vida. Quantas vezes, você papai, disse ao seu filho, esta semana, que Jesus vai voltar? Que temos um lar no porvir?


HONESTO – Rm 13.8 – A ninguém devemos ficar devendo nada. O homem honesto paga suas contas, não engana a ninguém, e sua honestidade tem início em sua fidelidade a Deus. Ele é fiel em obedecer à Palavra, é fiel nos dízimos e ofertas.


TEMPERADO – Pv 15.1– O pai tem que ter domínio próprio. Não pode ser briguento, nem responder com ira e aos berros. Sua palavra com os filhos e com os demais deve ser agradável e temperada.


ORDEIRO – 1Co 14.40 – Como cidadão responsável, o pai deve acatar as ordens do governo de seu país, obedecer às leis civis, ser promotor da paz e da justiça, reconhecer e respeitar os direitos do próximo.


SINCERO – Sl 101.2b – Um homem que fala a verdade, que tem prazer na verdade. Que não inventa mentirinha, porém o que sai de sua boca condiz com os seus atos.


2. COMO CRISTÃOÉ um homem que faz parte de uma Igreja e diante do mundo não se envergonha do evangelho, porque sabe que é o poder de Deus para a salvação de todo o que crê. Esse pai é:


MISSIONÁRIO – Pratica e ensina a seus filhos o “ide” de Jesus. É um homem que prega as boas novas. Prega com sua vida, com seus atos. Você, pai cristão, tem falado a seus filhos sobre a salvação que Jesus dá? O exercício do pai missionário começa em casa.

MODIFICADO - 2Co 5.17 – Um homem novo, modificado pelo Espírito Santo de Deus, que anda em novidade de vida, cujas ações são santas, diferentes das ações do homem do mundo. Para que seus filhos também se tornem “Novas Criaturas”, o pai tem que testemunhar que Jesus Cristo mudou o seu viver.


OBEDIENTE – Hb 5.8 - O pai, como bom cristão, obedece à lei de Deus. Permanece firme diante das tribulações e tentações deste mundo, seguindo o exemplo de Jesus, que foi obediente até a morte e morte de cruz. E ensina a seus filhos que a verdadeira felicidade está em obedecemos aos preceitos encontrados na Bíblia.
IMACULADO – Mt 5.8 / Lc 6.45– O pai precisa demonstrar que tem um coração limpo. Nunca se envolver em sujeiras e escândalos. Suas palavras devem revelar sabedoria e santidade. Nunca usar termos vãos, que não edificam.


3. COMO PAIComo age o pai cristão? Como ele deve proceder?
ÍNTIMO – Jo 15.5 – Mostrar ao filho que, mesmo sendo uma pessoa madura, como pai ele depende de Deus, que sem Deus nada faz. Fazer o seu culto doméstico, mostrando sua intimidade com Deus. E também se tornar íntimo do seu filho, a fim de que, nos momentos difíceis, ele não procure soluções fora, mas busque o conselho de seu pai.
AMIGO - 1Pe 3.8 – Em todo tempo o pai deve se mostrar amigo de seu filho. Procurar compreendê-lo e ser seu companheiro. Juntos devem fazer as lições da escola, passear, jogar futebol, andar de bicicleta, nadar, ir ao cinema... Não é só pai, é mais que isto: é um grande amigo! Mas para ser amigo, é preciso estar presente.
DISCIPLINADOR – Ef 6.4 – Como um pai pode criar um filho na disciplina e na admoestação do Senhor? Primeiramente, estando presente. Há muitos que acham que esta tarefa é “coisa da esposa”. Há pais que nunca perguntaram: “Filho, como foi o seu dia, hoje?” No entanto, ambos, mãe e pai são responsáveis, diante de Deus, pela criação dos filhos. Em segundo lugar, há os que acham que não devem disciplinar, pois isto vai tornar os filhos adultos tímidos e medrosos. Não é o que diz a Bíblia. Basta conferir no livro de Provérbios: 13.24; 22.6; 23.13-14; 29.15.
AMOROSO – 1Jo 4.7 – Nas ações de um pai deve sempre existir amor. No olhar do pai, em sua amizade, até mesmo quando repreende, em tudo o filho deve sentir que seu pai faz por amor. A criança precisa saber que o amor é algo muito bom, pois assim, quando o pai lhe falar de Jesus, que é todo amor, ela entenderá e entregará a Jesus o seu coraçãozinho.
PACIENTE – 1 Ts 5.14 – Nas adversidades, diante dos problemas, pai, seja paciente. Seja paciente para entender seu filho e para ensiná-lo na Palavra de Deus. Se a recomendação bíblica é que sejamos longânimos com todos, tudo deve começar no lar. Quantos pais há que estão sempre em ponto de bala, sempre prontos a explodir? Seja um pai paciente.


CONCLUSÃOQueridos pais, estes três lances da grande escada da vida que têm de subir, não são vividos separadamente, mas têm que estar entrelaçados em cada dia de seu viver. Que em cada dia de suas vidas vocês possam ser exemplo como homens, como cristãos e como pais.
Que Deus os abençoe dando sabedoria, força e muitas alegrias.

Que vocês possam ouvir de seus filhos: “Esse é o melhor pai do mundo, O MEU PAI!”

sexta-feira, 13 de junho de 2008

A BONECA QUE CRESCEU (FIGURAS)

CAPA
FIGURA 01

FIGURA 02


FIGURA 03



FIGURA 04


FIGURA 05



FIGURA 06




FIGURA 07



FIGURA 08





























































A BONECA QUE CRESCEU

FIGURA 1

Faltava apenas uma semana para o aniversário dos gêmeos, Paulo e Paula. Os dois esperavam ansiosos para que tal dia chegasse. Enquanto os pequenos se alegravam com a aproximação do grande dia, a mamãe deles se preocupava com os presentes que lhes havia de dar. Tudo parecia difícil, pois o casal era pobre e morava numa pequena fazenda. Dona Ana, no entanto sabia que para as crianças um aniversário sem presentes não seria bom.

FIGURA 2

Uma noite, após terem os gêmeos se recolhido para dormir, o casal conversou sobre o assunto, ficando resolvido que cada um se responsabilizaria por um presente. O pai faria o de Paulo, e a mãe o de Paula.
CONTINUAÇÃO DA FIGURA 2
No dia seguinte, Dona Ana deu os primeiros passos para a confecção de seu presente. Tomou um saco de farinha de trigo bem branquinho, e com uma tesoura foi recortando o pano, até que apareceram os braços as pernas, a cabeça e o tronco. Deu um suspiro de alívio, quando viu que ali estava alguma coisa muito parecida com uma boneca. Tomou uma agulha e começou o trabalho de unir a frente ás costas. Logo que terminou, verificou que aquilo, para ser uma boneca de verdade, precisava ser cheio de alguma coisa. Nada havia na casa para isto e, por mais que procurasse, não conseguiu achar nada que servisse. Finalmente, teve uma idéia. Tomando nas mãos o forro da boneca, dirigiu-se para o celeiro, onde havia sacas de arroz ainda em casca.
E começou a enchê-la, e logo a boneca foi tomando sua verdadeira forma.
CONTINUAÇÃO DA FIGURA 2
Voltando para casa, aproveitou retalhos do vestido de Paula, e em pouco tempo a boneca estava com um maravilhoso vestido, combinando, também, com seu chapeuzinho. Fez os olhos, o nariz, a boca e, para o cabelo usou os fios de cabelo da cauda do cavalo. Os sapatos foram feitos de um pedaço de couro tirado de uma carteira velha.

FIGURA 3
O Sr. José também se apressou na confecção do presente de Paulo. Ele tirou cipós duma árvore, e fez arco e flecha para o tiro ao alvo. Quantos gritos de alegria se ouviram na manhã seguinte, quando as crianças receberam os presentes; Paulo correu para fora e lá começou a brincar.




FIGURA 4
Paula, por sua vez, achava que não tinha outra boneca mais bonita do que a sua. Pensou imediatamente em lhe dar o nome de Rosaly. Na hora das refeições Rosaly sentava-se á mesa com Paula e tinha que provar de todos os pratos. Após a refeição iam deitar-se juntinhas. Paula queria levá-la, também para a escola, porém sua mãe não consentia. Paula tinha que se separar de Rosaly, deixando-a sentada na melhor cadeira até que voltasse da escola.
Algumas semanas depois do aniversário, Paulo e Paula estavam ajudando os pais no plantio de feijão, quando começaram a brincar de correr um atrás do outro. Paulo sem querer, derrubou a lata de feijão, e quando o pai voltou para tirar mais feijão da lata, achou-a virada no chão e o feijão todo espalhado.

FIGURA 5
- Foi você quem espalhou o feijão, Paulo? Perguntou o pai. - Oh, não papai. Acho que foi o Rex respondeu Paulo, culpando seu cachorro. - Paulo, você sabe muito bem quem derrubou a lata de feijão quando corria atrás de mim Paula logo falou.
CONTINUAÇÃO DA FIGURA 5
- Sendo assim, filho, disse o pai com severidade, você deve voltar para casa e ficar lá até depois do jantar. Não está envergonhado, Paulo, de mentir assim? Em lugar de sentir vergonha pelo seu pecado, Paulo se zangou com Paula e resolveu vingar-se dela.
- Ela vai se arrepender _ disse o baixinho. Logo que chegou a casa ficou pensando um meio de praticar sua vingança. Não foi preciso procurar muito, pois, imediatamente encontrou a oportunidade desejada. Ali sobre a cadeira estava Rosaly, a queridinha de Paula.
- Ah! Não poderia encontrar coisa melhor para me vingar. Paula vai aprender a não falar mal de mim.

FIGURA 6
Apanhou a boneca pelos cabelos e correu para trás do celeiro. Pensou: Agora aqui ninguém poderá me ver!
Mas, Paulo se esqueceu de Alguém que sempre nos vê, não é crianças?
Com muita pressa fez um buraco e, enterrando a boneca, pisou com força sobre a terra fofa.
Podemos imaginar como Paula sentia falta da querida boneca. Procurou o dia todo e perguntou muitas vezes a Paulo se ele não sabia onde ela estava. Finalmente papai falou severamente ao seu filho: - Paulinho, você deve ter escondido a boneca. Dê-lha imediatamente.
Paulo fingia inocência. - Papai, não tenho a menor idéia do que aconteceu com ela. E fez de conta que ajudava a pobre Paula a procurar a boneca.
Assim os dias iam se passando. Paulo se sentia bem satisfeito até um domingo na igreja quando parecia que o pastor pregava só para ele. O texto era Números 32:33 _ " sabei que o vosso pecado vos há de achar." Paulo não se sentiu bem, mas procurava acalmar a sua consciência.
- Ninguém há de descobrir Rosaly. Disse consigo mesmo. Enganei a todos, saindo com eles para procurar a boneca. Além disso, já se passaram duas semanas e todos se esqueceram do fato.
Mas naquele mesmo dia, logo depois do almoço, um vizinho veio passar umas horas em casa do casal, e perguntou ao Sr. José:
- O que o senhor plantou atrás do celeiro? - Não plantei nada atrás do celeiro, respondeu o Sr. José. Só há mato ali. - Não?! insistiu o amigo. - Mas há ali alguma coisa nascendo, e o formato dela é interessante.
- Vamos ver o que é - disseram todos.
A família saiu com o visitante para ver a novidade. Paulo seguiu também.
- Oh! O que pode ser isto? Disse alguém, com admiração. - Paulo não podendo conter-se na sua grande admiração, gritou:
- A boneca cresceu! A boneca cresceu! E continuou: - O pastor tinha razão: SABEI QUE O VOSSO PECADO VOS HÁ DE ACHAR.Na verdade Rosaly cresceu.

FIGURA 7
Lá estavam os braços e pernas, todo o corpo em broto verde. Paulo não podia pensar que o enchimento da boneca era de arroz com casca. A chuva e o sol fizeram com que o arroz germinasse, crescesse e descobrisse o pecado de Paulo.
Meninos e meninas, vocês acham que é só o pecado de Paulo que Deus vai descobrir?

FIGURA 8
Não, de fato Ele conhece os pecados de todos. Um dia, mais cedo ou mais tarde, todo pecado que você faz, tem de ser castigado por Deus, porque Ele odeia o pecado.
Será que Ele ouviu as mentiras que você falou?
Viu quando você brigou e falou nomes feios?
Notou quando desobedeceu a mamãe ou ao papai?
Deus sabe tudo crianças! E Ele diz que todos são pecadores.
Por sermos pecadores, não podemos entrar no céu quando morrermos.
Mas Deus nos ama tanto que mandou Seu Filho a este mundo para nos salvar do pecado. Cristo, que nunca pecou, tomou o castigo de nossos pecados.
Ele sofreu em nosso lugar quando morreu na cruz.
Crianças, vocês não se sentem tristes por causa de seus pecados?
Jesus quer perdoar o seu pecado e limpar o seu coração.
Diz em 1 João 1:7 – “ O sangue de Jesus Cristo nos purifica de todo o pecado." e em 1 João 1: 9 " Se confessarmos os nossos pecados, Ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça."
Quem quer agora confessar a Deus que é pecador e aceitar a salvação que Ele oferece em Cristo?
Assim fazendo, você se torna filho de Deus.
Vamos pedir também que Deus nos ajude, como filhos dEle, a vivermos vidas agradáveis a Ele.
FIM.

CESTA DECORADA

COMPREI A CESTA E A DECOREI

CRÉDITOS A MIM

AGENDA DIA DAS MÃES


FIZ PARA O DIA DAS MÃES!!!

CRÉDITOS A MIM MESMA

AS BEM-AVENTURANÇAS

AS BEM-AVENTURANÇAS
Mateus 5.3-12

O que são as Bem-Aventuranças?
Elas são de um lado as Be-Atitudes – atitudes que deveríamos ter.
Uma atitude é a maneira como mostramos nosso modo de pensar ou sentir sobre algo. Uma beatitude é o pronunciamento de alguma bênção ou felicidade que virá sobre nós quando permitirmos que Deus molde nossos pensamentos e sentimentos.

Quando Jesus fez o Sermão do Monte (Mateus 5.7), Ele deu algumas beatitudes, cada uma começando com a palavra bem-aventurado, ou feliz.
A pessoa abençoada é favorecida por Deus, recebendo dEle certos benefícios.
Existe um tipo de especial de felicidade que surge quando sabemos que Deus se agrada de nossas atitudes. Um menino pronto a dar a primeira lambida num sorvete pode dizer: “Isto vai me fazer feliz”. Mas, o que acontece quando o sorvete acaba?

A felicidade de Deus é duradoura. Ela começa quando recebemos Jesus como Salvador. A felicidade permanente de Deus não é apenas riso e prazer quando tudo vai bem, mas paz e esperança que lhe dão alegria mesmo nas dificuldades.
Podemos ter essa alegria quando sabemos que Deus perdoa os nossos pecados e nos deu a Vida Eterna. Uma vez que tenhamos fé no Senhor Jesus Cristo, as bênçãos pronunciadas aqui podem começar a transformar a nossa vida.

Jesus ensinou que se tivermos certas atitudes vamos ser felizes – as congratulações virão. Quando mostrarmos cada uma dessas atitudes certas, o Senhor irá felicitar-nos mediante resultados especiais. Por exemplos, se você for “humilde de espírito”, tem a promessa do “reino dos céus”. O que isto significa? Vamos examinar cuidadosamente as oito bem-aventuranças.


(1) “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.”
Ser pobre é não possuir algo que se precisa. A pessoa “pobre” (humilde) de espírito, admite voluntariamente sua necessidade espiritual. Ela compreende que lhe falta algo na vida. (Na verdade, Alguém está faltando).
Quando admitimos nossa necessidade espiritual, estamos prontos para receber Aquele que irá satisfazer essa carência, o Senhor Jesus Cristo. Então, nos tornamos parte do reino de Deus e podemos ter a certeza de compartilhar o Céu com Ele (Lucas 12.32).


(2) “Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados.”
Gina chorou por não gostar do café da manhã.
Chorou por não apreciar as roupas que a mãe comprou para ela.
Chorou quando a professora fez uma pergunta difícil e quando fez prova de matemática.
Jesus não estava, porém, falando desses tipos de tristeza.
Certo dia Gina ouviu: “Jesus morreu pelos seus pecados”. Ela então chorou por ter ficado realmente triste com seus pecados. Era pecado desobedecer à mãe e querer impor a sua vontade. Era até pecado chorar tanto. Este era o choro a que Jesus se referia – ficar triste com os pecados. Gina foi consolada quando confiou em Jesus para perdoá-la. Todos os que aceitam Jesus como Salvador recebem o grande consolo do perdão dos pecados.
Jesus prometeu também enviar aos salvos um Consolador ou Auxiliador, o Espírito Santo, para ser nosso Companheiro constante e ajudar-nos em momentos de problemas e perdas (João 14.16,17). É também muito reconfortante saber que algum dia, no Céu, não vai haver nenhum choro (Apocalipse 21.4). Este será um tempo realmente feliz.


(3) “Bem-Aventurados os manos, porque herdarão a terra.”
Ser manso é muito diferente de ser fraco.
Decidir ser manso – amável, humilde, submisso – exige força.
A mansidão vem quando nos vemos pela ótica de Deus.
Deixamos de fazer exigências. Deixamos de querer o primeiro lugar. Aceitamos as situações difíceis como vindas de Deus e fazemos o nosso melhor apesar delas.
A mansidão nos capacitará a desenvolver relacionamentos cordiais, satisfatórios, com outros e nos liberará para desfrutarmos de uma ‘herança’ especial de Deus, a Quem tudo pertence (Salmos 50.10- 12).
Quando deixamos de nos concentrar nas coisas pessoais e aceitamos o que Deus decide dar-nos, ficamos livres para “possuir” todas as coisas – usufruir a beleza e fartura da terra que nos rodeia – sol e ar fresco, boa alimentação, família e amigos, boa saúde. Podemos então aproveitar a vida ao máximo.
Algum dia iremos estar junto ao Senhor quando Ele julgar os perversos e estabelecer o seu reino na terra.


(4) “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão fartos.”
Você já ficou com tanta fome que não conseguiu esperar pela hora da refeição? Ou com tamanha sede que precisou tomar um copo d´água imediatamente? Assim como o corpo precisa de alimento e água, o seu “eu” interior (sua alma e espírito) necessita de algo para satisfazê-lo.
Alguns pensam que o dinheiro satisfaz.
Outros acham que precisa do prazer.
Jesus diz que a única coisa que pode satisfazer a sua fome e sede interior é a justiça, isto é, agir corretamente.
Você quer fazer o que é certo?
Jesus pode ajudá-lo nisso.
Quando você O recebe, Ele lhe dá a Sua justiça (2 Coríntios 5.21) e depois nos dá o poder de viver retamente.
Se tiver fome e sede de justiça, vai ler a Palavra de Deus e orar.
Terá prazer em estar com outros salvos na igreja e na Escola Dominical.
Quando buscar a Deus e agir como deve, vai sentir grande satisfação íntima; será abençoado com a verdadeira felicidade.
Mas, ficar “satisfeito” por agir bem será como comer uma sobremesa deliciosa. Você desejará repetir o prato por ser muito bom!

(5) “Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia.”
Mostrar misericórdia significa não castigar alguém mesmo que mereça.
Os misericordiosos são aqueles que perdoam outros e mostram a eles bondade que não merecem. Essas pessoas não olham os demais com superioridade nem os condenam.
Ser misericordioso significa dar parte de uma mesada a uma família pobre, ser amigo de alguém que seja objeto de riso dos seus vizinhos, ou ser paciente com o irmãozinho pequeno quando ele quebra um de seus brinquedos.
Por que devemos mostrar misericórdia?
Porque Deus tem sido misericordioso para conosco.
O Senhor Jesus aceitou o castigo pelo seu pecado e o meu quando morreu na cruz. Depois que receber a Ele, Jesus vai ajudá-lo a ser misericordioso para com outros em piores condições que você ou para com os que ofendem ou decepcionam.
Deus promete uma bênção especial aos misericordiosos: eles vão receber misericórdia de uma forma ou de outra (2 Samuel 22.26; Eclesiastes 11.1).
Se você então mostrar misericórdia, não se surpreenda quando outros forem misericordiosos para com você.


(6) “Bem-aventurados os limpos de coração, porque verão a Deus.”
Os judeus dos dias de Jesus davam muito valor à pureza ou limpeza, mas toda a sua ênfase estava nas coisas externas (Mateus 23.25).
Jesus voltou Sua atenção para o íntimo. Ele disse que Deus dá valor aos corações limpos. Não podemos tornar puros nossos corações, só Jesus tem poder para isso (Provérbios 20.9; 1João 1.7).
Jesus promete que os que permitirem que Ele os limpe do pecado verão a Deus.
Quando esta vida terminar, conheceremos a perfeita felicidade de viver para sempre na presença de Deus.
Há também um meio dos salvos “verem” a Deus agora.
Quando cometer um erro, confesse seu pecado a Deus (1 João 1.9). Fique perto dEle ao ler a Sua Palavra e conversar com Ele em oração. Quando seu coração é puro, você pode “ver” Deus trabalhando na sua vida.


(7) “Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”
Você já viu alguma vez pai e filho tão parecidos que as pessoas dizem: “É fácil ver que ele é filho daquele homem!”
Quando outros olham para a sua vida, eles dizem: “Esse menino ou menina é filho de Deus”. Talvez digam, se você for pacificador.
Os pacificadores “promovem a paz” entre os inimigos. Quando fazemos isso nos assemelhamos a Deus.
Um meio de ser um pacificador é contando a outros como ter a paz com Deus mediante Seu Filho Jesus.
Você pode também ajudar a manter a paz com seus amigos, sendo verdadeiro e bondoso, mantendo-se calmo quando alguém quer começar uma briga.
Ter paz com Deus e com outros lhe trará grande felicidade (Tiago 3.17,18).

(8) “Bem-aventurados os perseguidos por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.”
Lemos em 2 Timóteo 3.12: “Todos quantos querem viver piedosamente em Cristo Jesus serão perseguidos” [tratados com aspereza e crueldade!].
Os salvos podem evitar a perseguição vivendo como o mundo – rindo de piadas sujas, participando de brincadeiras perversas, não dizendo nada sobre o Senhor Jesus e o que Ele fez em favor deles.
Mas, então, não teremos a bênção mencionada por Jesus.
Você pode ficar feliz quando alguém caçoa de você por estar agindo certo?
Deus diz que pode.
É difícil ser maltratado por fazer o que deve, mas o Senhor Jesus nos deixou um exemplo (1 Pedro 2.21) e uma promessa para nos manter fiéis (Romanos 8.18).
Quando as pessoas rirem ou tentarem ofendê-lo por agir bem, pense nos dias felizes que terá no Céu. As dificuldades duram algum tempo, mas o Céu vai durar para sempre!

Bíblia de Recursos para o Ministério com Crianças – Editora Hagnos – páginas1104 - 1106